Sistema CNA e Governo debatem agenda estratégica para irrigação

A Comissão Nacional de Irrigação da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) debateu, na última terça (12), a agenda estratégica para o setor em 2019 com o governo, as associações de irrigantes e as Federações de Agricultura.

“Esse é um momento único que a irrigação está vivendo e, a partir desse ano, vamos dar celeridade ao setor, trabalhando em conjunto com o governo e com as associações para alcançarmos os resultados que a irrigação precisa”, afirmou o presidente da Comissão, Eduardo Veras de Araújo. Veras afirmou ainda que este ano um dos focos da Comissão será dar celeridade às demandas do setor.

A reunião recebeu a secretária nacional de Desenvolvimento Regional e Urbano do Ministério do Desenvolvimento Regional, Adriana Melo, e o secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Fernando Camargo. Com a nova estrutura governamental, os dois órgãos vão conduzir a política de irrigação no País.

“O governo está se dedicando ao tema e é importante definir as atribuições de cada ministério para entender os papéis no fomento da expansão da agricultura irrigada. O resultado que esperamos com isso é o aumento na produtividade e na produção, mais empregos no campo e eficiência no uso da água”, destacou Fernando Camargo.

Adriana Melo, do Desenvolvimento Regional, afirmou que a irrigação é um tema importante para o ministério e o órgão está retomando a pauta para alavancar a agricultura irrigada nas regiões brasileiras.

“Queremos estreitar as relações e trabalhar próximos ao setor produtivo, estabelecer as estratégias comuns entre os ministérios e otimizar as iniciativas que já estão dando certo, porque a irrigação é uma atividade propulsora do desenvolvimento regional, com impactos positivos na economia.”

A secretária ressaltou que entre as ações previstas para este ano está a criação da Câmara Setorial da Agricultura Irrigada, que vai debater as demandas da irrigação com a participação do governo e entidades do setor produtivo.

Na avaliação do assessor técnico da Comissão de Irrigação da CNA, Gustavo Goretti, a gestão conjunta da política de irrigação tem tudo para ser positiva. “Os ministérios estão entrosados e ao participarem da reunião da Comissão demonstram que estão preocupados em atender as necessidades do setor.”

O vice-presidente da CNA e deputado federal José Mário Schreiner (DEM-GO) e o deputado Nelson Barbudo (PSL-MT) visitaram a reunião da Comissão. A Comissão recebeu a visita do vice-presidente da CNA e deputado federal José Mário Schreiner (DEM-GO) e do deputado Nelson Barbudo (PSL-MT) e debateu ainda as demandas regionais de outorga e licenciamento ambiental e a medição de vazão para irrigação.


Fonte: Assessoria de Comunicação CNA

Comunicação Sistema FAEG/ SENAR