Estudos sobre glifosato feitos no Canadá, EUA e Europa afirmam que o produto não causa câncer