Faeg defende a modernização da lei dos defensivos agrícolas

Em entrevista hoje à TV Anhanguera, o  Presidente em exercício do Sistema FAEG SENAR – Bartolomeu Braz Pereira, defendeu a modernização da Lei que trata dos Defensivos Agrícolas no Brasil.

Destacou que uso dos defensivos agrícolas eficientes não acarreta em riscos para a saúde ou o meio ambiente quando aplicados de forma correta.

“Assim como nós precisamos tomar um remédio quando temos que sanar algum problema de saúde, o produtor também precisa aplicar um defensivo eficiente em sua lavoura para reduzir o custo com os insumos. E, ao aplicar um defensivo eficiente, esse produtor reduz o custo de produção, diminuindo o número de insumos e aumentando sua produtividade. Desta forma, o alimento chega à mesa do brasileiro mais barato e o produtor consegue equalizar melhor seus custos. “O correto é investirmos em defensivos eficientes e modernizar logo nossa legislação, como a maioria dos outros países já fez.”, disse hoje.