Pecuaristas de Corte da Faeg discutem melhorias para o setor

A Comissão de Pecuária de Corte da FAEG, se reuniu no último dia 25/06, na sede da Instituição para discutir propostas de melhorias para o segmento. Conduzida pelo Presidente da Comissão, Maurício Velloso, o encontro teve a participação do  Presidente em Exercício da FAEG, Bartolomeu Braz Pereira e   Presidente da AGRODEFESA, José Manoel Caixeta. 

Dentre os principais assuntos discutidos foi abordado a necessidade do fortalecimento da representatividade das instituições do setor rural e a união dos produtores para poderem superar os desafios existentes. Nesse sentido, o desenvolvimento de lideranças em todos os aspectos, técnicos, classistas e políticos se faz necessário para a busca das soluções dos problemas que afetam o setor, além de prospectar ações que venham a desenvolver e evoluir a atividade.

Aproveitando a presença do Presidente da Agrodefesa, José Manoel Caixeta, houve a interação direta das lideranças apresentando os problemas enfrentados pelos produtores em seus respectivos municípios. Dentre eles a demora para a compensação do pagamento do Dare (Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais) e liberação dos documentos ao produtor (emissão das GTAs) foi a principal reclamação do setor. O Presidente da AGRODEFESA destacou os desafios enfrentados e a evolução que estão implementando com o novo Sistema de Defesa Agropecuária de Goiás (SIDAGO), para emissão da GTA (Guia de Trânsito Animal ) e a Nota Fiscal em conjunto.

Manoel Caixeta orientou que,  até que se resolva o problema da compensação do sistema bancário, a alternativa de pagamento antecipado do Dare é uma alternativa que o produtor tem para reduzir a demora na emissão dos documentos.

O Presidente em Exercício da FAEG, Bartolomeu solicitou a todos os representantes dos municípios que estavam na reunião  que acionem o sindicato rural de sua região e a própria FAEG, para que se possa resolver os problemas.