Sebrae Goiás define diretoria para os próximos quatro anos

Conselho Deliberativo Estadual (CDE) elege o presidente do CDE e os três diretores executivos para o período de 2019/2022

 

Em reunião realizada nesta quinta-feira, 29/11/18, os membros do Conselho Deliberativo Estadual (CDE) do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Goiás) elegeram a diretoria executiva que comandará a instituição no período de 2019/2022.

 

Para a presidência do CDE foi eleito Ubiratan da Silva Lopes, atual presidente da Federação das Associações Comerciais e Industriais do Estado de Goiás (Facieg). O diretor-superintendente será Leonardo Guerra de Rezende Guedes. Wanderson Portugal Lemos permanecerá na Diretoria Técnica e Igor Montenegro Celestino Otto ocupará a diretoria de Administração e Finanças. A posse da nova diretoria será dia 2 de janeiro de 2019.




O Sebrae Goiás segue o direcionamento do Sistema Sebrae, onde a eleição para a diretoria e presidência do CDE ocorre a cada quatro anos. Têm direito a voto os conselheiros indicados pelas entidades Agência GoiásFomento (GoiasFomento), Associação Goiana da Micro e Pequena Empresa (AGPE), Banco do Brasil (BB), Caixa Econômica Federal (CAIXA), Federação da Agricultura do Estado de Goiás (FAEG), Federação das Associações Comerciais e Industriais do Estado de Goiás (FACIEG), Federação da Indústria do Estado de Goiás (FIEG), Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de Goiás (FCDL/GO), Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE/NA), Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico, Agricultura, Pecuária e Irrigação (SED), Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento (SEGPLAN/GO) e Universidade Federal de Goiás (UFG).

 

Quem são os dirigentes

 

Ubiratan da Silva Lopes – Empresário anapolino, Técnico em Edificações pela Escola Técnica Federal de Goiás e Bacharel em Ciências/Matemática pela PUC Goiás. É vice-presidente da Confederação das Associações Comerciais do Brasil (CACB) e atual presidente da Federação das Associações Comerciais, Industrias e Agropecuárias do Estado de Goiás (Facieg), entidade que congrega mais de 80 associações em todo o Estado.                                                           

 

Leonardo Guerra de Rezende Guedes – Professor Leonardo Guedes é Doutor e Mestre em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com estágio Pós-Doutoral na Ryukoku University, Japão. É Professor Titular da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás) e Professor Titular da Universidade Federal de Goiás (UFG). Possui experiência na área de Gestão, com ênfase em Planejamento, Empreendedorismo e Gerenciamento de Projetos em Tecnologia. Leonardo já foi vice-presidente do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea) e diretor executivo da Fundação Aroeira e também foi o primeiro presidente da Fundação de Amparo e Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg).

 

Wanderson Portugal Lemos – Médico Veterinário, com graduação pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Pós-graduado em Agentes de Inovação Tecnológica, pelo Sebrae, Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica (Abipt) e Faculdade Cambury; Gestão em Agronegócios, pela Universidade Sebrae de Negócios. É do quadro de colaboradores do Sebrae Goiás.

 

Igor Montenegro Celestino Otto – Graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás); Pós-Graduado em Direito Tributário; Master of Business Administration  (MBA) em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Executivo em áreas de Estratégia, Gestão e Operações, Controladoria e Finanças e Gestão de Projetos. Foi secretário das Cidades (Goiás) e foi presidente da, então, Agência Goiana de Comunicação (Agecom)/Agência Brasil Central (ABC).

 

O que faz o Sebrae

 

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas (Sebrae Goiás) é uma entidade privada, sem fins lucrativos, cuja missão é promover o desenvolvimento dos pequenos negócios - desde o empreendedor que pretende abrir seu primeiro negócio até pequenas empresas que já estão estabelecidas, mas buscam crescer e se consolidar.

 

Disseminando conceitos e práticas de empreendedorismo com inovação e sustentabilidade, o Sebrae ajuda os pequenos negócios a agregar valor a seus produtos e serviços, mantendo o equilíbrio entre os aspectos econômico, ambiental e social.

 

Resultados Sebrae Goiás/2017

 

Por meio dos seus programas, projetos e as ações de atendimento, capacitação (cursos, palestras, oficinas) e consultoria, os principais resultados de 2017 foram:

·        109 mil pequenos negócios atendidos (60 mil microempreendedor individual, 40 mil microempresa, 9 mil empresa de pequeno porte

·        266 mil horas de consultoria

·        17 mil participantes em cursos de Ensino à Distância (EAD)

·        34 mil participantes em cursos presenciais

·        16 mil participantes em mais de 1.000 oficinas realizadas

·        182 mil orientações realizadas

·        36 mil participantes em mais de 1.000 palestras realizadas

 

Novos desafios

 

O diretor-superintendente eleito Leonardo Guerra de Rezende Guedes acredita que o principal desafio da nova gestão, além de promover ações que consolidem as micro e pequenas empresas já existentes, é fornecer condições para capacitação e apoio aos novos empreendedores. “De imediato, nossa ação deve ser remar contra a recessão que assola o Brasil, para que possamos fortalecer esses empreendimentos, que correspondem a 98% do total no país”, considera Guedes.

Para o novo superintendente, mesmo com toda consultoria já disponibilizada pelo Sebrae, muitos empreendedores ainda não buscam planejamento e sequer tomam conhecimento de fontes de financiamento para capital de giro. “É essencial que busquemos esclarecer essas formas de acesso ao crédito. Outra medida é facilitar acesso ao planejamento dos negócios, sobretudo para a nova geração de empreendedores”, completa.

 

Texto e foto:Agência Sebrae de Notícias (ASN Goiás): www.go.agenciasebrae.com.br


Comunicação Sistema Faeg Senar