Trinta técnicos de campo e supervisores do Programa Senar Mais participam de treinamento em Goiânia

internoAlém de levar conhecimento e novas tecnologias ao produtor rural, o técnico de campo do Programa Senar Mais foca em gestão e rentabilidade. Num treinamento de 72 horas, os novos técnicos e supervisores do Senar Goiás aprendem os princípios aplicados nacionalmente para transformar a propriedade em empresa rural.

Atualmente, o Senar Goiás dispõe de 112 técnicos em campo para atender duas mil e quinhentas propriedades rurais em sete cadeias produtivas. Segundo o Gerente de Assistência Técnica e Gerencial do Senar Mais, Guilherme Bizinoto, a seleção dos novos técnicos é criteriosa. “ Todos os técnicos de campo são profissionais da área de ciências agrárias e com experiência, mesmo assim passam por treinamento da metodologia de ATeG para atender bem o homem do campo”, afirma.

 Sobre o Programa Senar Mais

O Programa Senar MAIS tem como princípio a educação continuada/produção assistida, através da capacitação e transferência de tecnologia, contribuindo para o desenvolvimento das várias cadeias produtivas junto ao agronegócio.Atualmente, o programa atua em sete cadeias produtivas, sendo elas: Apicultura, Fruticultura, Horticultura, Ovinocaprinocultura, Pecuária de Corte, Pecuária de Leite e Piscicultura.

 

Com isso o papel do técnico, com metodologia educacional específica, se mostra de extrema importância como fator determinante para o incremento de renda e melhoria de vida dos produtores e trabalhadores rurais.

Objetivo Geral:

Assistir os produtores rurais em todo o estado de Goiás, através da Assistência Técnica e Gerencial, possibilitando ao produtor uma exploração mais eficiente da atividade, aumentando a renda e melhorando a sua qualidade de vida e de seus familiares.

Objetivos Específicos:

Possibilitar ao produtor o acesso a informação de maneira clara e contínua, encurtando a distância entre produtor e o conhecimento técnico científico;
Aumentar a renda e a produtividade da atividade agropecuária;
Direcionar ao grupo de produtores rurais assistidos, as ações de Formação Profissional Rural específicas que atendam a sua necessidade;
Possibilitar a adequação tecnológica dos produtores assistidos;
Promover a formação continuada de produtores e técnicos envolvidos no programa;
Gerar dados e informações das cadeias produtivas trabalhadas.

 Por Assessoria de Comunicação Senar