Semana Santa o Ano todo

Conhecer os benefícios dos alimentos que colocamos na nossa mesa todos os dias, é importantíssimo. Não basta “enchermos a pança”, precisamos saber o que estamos colocando para dentro do nosso organismo. Melhorar a qualidade da nossa alimentação é um ato  preventivo para uma melhor qualidade de vida futura. 

Sendo assim, que tal aderirmos a Semana Santa durante todo o ano, e começarmos a consumir o peixe com mais frequência? 

Os peixes são conhecidos por seus benefícios à saúde. O Ministério da Saúde sugere o consumo desse alimento pelo menos duas vezes por semana. Para se ter uma ideia, o Consumo no Brasil, e de apenas 18 KG de peixe/pessoa/ano, quando comparamos à outros países como o Japão 86 kg de peixe/pessoa/ano, esse consumo é considerado baixo.

 Qual será  o motivo desse prato tão delicioso estar presente em nossas vidas de forma tão remota ? Vamos aos MITOS e VERDADES sobre esse nutritivo alimento?

1 – A melhor fonte de ômega 3 vem dos peixes?

VERDADE: A forma de absorção pelo organismo de ácidos graxos (ômega 3) proveniente dos peixes é mais eficiente que a absorção dos ácidos graxos de origem vegetal.

 2 – Quanto mais escuro for o peixe, mais ômega 3 ele terá? 

MITO: Essa tem sido uma das informações compartilhadas nas redes sociais, mas, na verdade, não existem pesquisas que comprovem isso. Segundo estudos, todos os peixes possuem alguma quantidade de ácidos graxos bons para a saúde como o ômega 3, mas a quantidade pode variar entre as espécies. De maneira geral, os peixes ricos em ômega 3, são os de águas geladas e profundas, graças às algas que essas espécies utilizam para a sua alimentação.

3 – Comer peixe cru pode causar infecção por vermes?

VERDADE: Todo peixe pode ser contaminado por verme, da mesma forma que qualquer outro animal inclusive o Ser Humano. Por isso, é importante consumir alimentos inspecionados, que sejam processados e vendidos em locais com boas condições de higiene, para que um delicioso sashimi não se transforme em um verdadeiro pesadelo.

4 – Gestantes não podem consumir peixes?

MITO: De acordo com estudos, o consumo de peixes pode, inclusive, ajudar os bebes em formação a terem mais atenção ao longo da vida. Porém, a orientação é consumir peixes frescos evitando enlatados e peixe cru.

5 – O consumo de peixes pode diminuir a incidência de doenças cardíacas?

VERDADE: O consumo de peixe pode sim trazer efeitos benéficos em incidentes cardiovasculares. Isso se deve principalmente, à presença de ácidos graxos. A diretriz de 2019 de Prevenção Cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia também aponta que os ácidos graxos ômega-3, exercem inúmeros efeitos sobre diferentes aspectos fisiológicos e do metabolismo que podem influenciar a chance de desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

 Wanessa Neves de Faria

Zootecnista e Gerente de Eventos do Senar Goiás