Conab indica crescimento na área plantada em Goiás

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou na manhã desta quinta-feira (7), o 1° levantamento da safra de 2021/22, que apresentou um crescimento de 4,4% da área plantada do estado de Goiás, alcançando 6,4 milhões de hectares. 

As culturas que mais apresentaram crescimento em relação a área plantada foi o algodão, com 20,9%, a soja, com 5,6%, e o milho de 2ª safra, subindo 4%.

Em Goiás, a estimativa de produção para os cereais, fibras e oleaginosas teve um aumento de 21%, apontando uma recuperação após a quebra do milho safrinha na safra passada. As culturas responsáveis por essa alta foi o milho 2ª safra com aumento de 64,6% resultando em produção de 11 milhões de toneladas, lembrando que a cultura na safra passada sofreu com a falta de chuvas, tendo uma quebra de quase metade de sua produção, fechando com último levantamento com 6,79 milhões de toneladas. O sorgo teve elevação de 26,6% e girassol apresentando alta de 56%.

Por outro lado, a Conab estima que feijão de 1ª safra apresentou uma redução de 17,4% na área plantada para o estado de Goiás, e também para sua produção, que deve registra uma redução de 13,6%, tendo sua estimativa de produção total em 95 mil toneladas.

Por fim, vale enfatizar que a Conab apresentou valores otimistas para as culturas do Brasil, onde apontou um crescimento de 3,6% na área plantada, resultando em 71 milhões de hectares cultivados nesta safra, tendo uma produção de 288,61 milhões de toneladas totais, uma elevação de 14,2% em relação a produção nacional da safra passada.

Comunicação Sistema FAEG/Ifag