Queda atual no preço do feijão gera expectativa de valorização

Safra ruim na Argentina e preço atrativo do feijão brasileiro pode gerar oportunidades de exportação, avalia Ibrafe

O feijão está na temporada de preços baixos, o que já era previsto desde janeiro pelo Instituto Brasileiro de Feijão e Pulses (Ibrafe). Porém, com a queda nos preços pode abrir uma excelente oportunidade para os produtores, tendo em vista a valorização do grão nos próximos meses.

O presidente do Instituto, Marcelo Lüders, afirma que a expectativa para agosto e começo de setembro é de um cenário de oferta maior e, com isso, preços mais baixos, gerando uma alternativa para exportar, já que os preços estarão atrativos.  “Agora, a expectativa é que os produtores que conseguirem plantar a primeira safra do ano que vem, tenham uma boa condição de colheita”, conta.

Lüders acredita que o preço vai desequilibrar, mas favorecendo o produtor. Por uma quebra em diversos países, a Argentina tem exportado bastante sementes e, por não conseguirmos importar de lá, o nosso feijão será bem valorizado, explica ele. Marcelo finaliza garantindo que o feijão rajado e vermelho têm grande possibilidade de performance no mercado nos próximos meses.

Imagem: Divulgação