Estabelecimentos comerciais do ramo alimentício devem informar ao consumidor a substituição de queijo por produtos análogos

Na tarde dessa quinta-feira, 19, a Assembleia legislativa de Goiás - Alego aprovou em segunda e definitiva votação o projeto de lei que obriga os estabelecimentos comerciais do ramo alimentício a informarem a substituição de queijo e/ou outros lácteos por produtos análogos.


De autoria do deputado Tales Barreto, o projeto beneficia consumidores e produtores, visto que o consumidor terá a informação do que está consumindo e o produtor deverá observar o consumo de lácteos aumentar.


A Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás - Faeg solicitou ao presidente da Alego que o projeto fosse pautado já que estava na fila de apreciação desde 16/06/2020. Atendendo o pedido da Faeg, o projeto foi pautado logo na primeira semana das eleições e aprovado por unanimidade dos presentes.


Comunicação Sistema Faeg