Sindicato Rural de Rio Verde busca ajuda contra incêndios no período de estiagem

O Sindicato Rural de Rio Verde realizou reunião com a Comissão de Combate a incêndios na Zona Rural e o Corpo de Bombeiros para buscar estratégias na prevenção de queimadas no período de estiagem. No ano passado foram quase 500 ocorrências mesmo com todo o esforço dos Bombeiros, da Brigada Aérea de Rio Verde e dos próprios produtores rurais com os núcleos de combate e apoio que foram montados

De acordo com o Sindicato, os números impressionam e chocam ainda mais, por terem se concentrado a maioria em propriedades rurais. A  situação de 2019 foi incontrolável e trouxe consequências enormes, causando prejuízos imensuráveis, como máquinas agrícolas queimadas, animais mortos, sem contar o empobrecimento do solo, redução de produtividade, eliminação de nutrientes fundamentais para qualquer cultura vegetativa, como matéria orgânica, potássio, fósforo e nitrogênio .

Nesta primeira reunião, realizada na última quarta-feira, sugeriu-se a contratação de brigadistas para comporem a Brigada Florestal Mista, durante o período de quatro meses. "No ano passado passamos por situações críticas em nossa região e com isso vimos a necessidade de estarmos melhorando as atuações em nosso município", disse o presidente do Sindicato Rural de Rio Verde - Luciano Jayme Guimarães.

O comandante do Corpo de Bombeiros, Tenente Coronel Amilton de Souza Conceição explicou que em 2019 a própria Câmara Municipal disponibilizou seis pessoas que integraram o batalhão de Rio Verde e exerceram funções primordiais para o melhoramento do trabalho. "Temos um efetivo pequeno e durante o período de estiagem é muito mais crítico e nossas equipes ficam desgastadas, pois muitas vezes acabam ficando longas horas e até dias em um mesmo atendimento".

O presidente da Comissão de combate a incêndios na Zona Rural do Sindicato Rural, Vanderlei Secco, afirmou que seria de grande importância essa ajuda e o quanto antes, uma vez que o período de estiagem se aproxima. "Há alguns anos a situação era bem mais amena no campo. Os produtores têm investido muito em maquinários e equipamentos para tentar ajudar, mas todas as demandas vindas do campo devem ser olhadas com bons olhos".

Pelos parlamentares foi prometida a análise sobre o assunto e explicado que já encaminharam para a prefeitura requerimento solicitando que o município adquira equipamentos e caminhões com tanque pipa para trabalhar no combate aos incêndios. 

Fonte: Jornal Somos / Adaptado

Imagem: Divulgação