Agro Fraterno chega na região do Oeste goiano, beneficiando às famílias mais vulneráveis da zona rural. “Ninguém ficará para trás”, afirma o presidente da Faeg, Zé Mário

“Sensibilidade, união e compromisso”. Essa é a fórmula defendida pelo presidente do Sistema Faeg Senar e deputado federal, Zé Mário Schreiner (DEM-GO), para fazer com que os benefícios cheguem aos que mais precisam. Nos dias 01, 02 e 03 de setembro, o presidente da Faeg realizou entregas de cestas básicas do programa Agro Fraterno para as famílias dos municípios de Caiapônia, Doverlândia, Baliza, Aragarças, Bom Jardim de Goiás, Piranhas e Arenópolis.

Para o presidente da Faeg, levar alimentos e recursos às famílias mais vulneráveis é uma questão humanitária. “O setor Agropecuário é um exemplo de produção, geração de emprego e renda, mas também de justiça social. Com o Agro Fraterno, estamos honrando o compromisso de não deixar ninguém para trás. Foi essa a  promessa que eu fiz no início da pandemia, e desde então, estamos cumprindo para garantir mais dignidade às famílias goianas. Principalmente, as que moram e trabalham no campo. Porque a fome não espera”, enfatizou.

Segundo o Superintendente do Senar Goiás, Dirceu Borges, “o programa vem estender a mão amiga para chegar até as famílias do campo que necessitam do alimento na mesa. Com a união de esforços, é possível garantir mais dignidade e renda a todos, do campo à cidade”, ressaltou.

As cestas de alimentos são destinadas às famílias da Zona Rural em situação de vulnerabilidade social. O programa Agro Fraterno é uma iniciativa da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, com a união de esforços das entidades e produtores do setor Agropecuário. Em Goiás, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-Goiás) tem viabilizado a entrega de alimentos, com a parceria dos sindicatos e produtores rurais, além do apoio dos líderes jovens da Faeg Jovem para o cadastro e entrega aos beneficiários. Todas as regiões do Estado de Goiás serão contempladas pelo programa. 

A dona de casa, Aparecida dos Santos, moradora do Assentamento Jair Ezequiel, em Bom Jardim de Goiás, foi uma das beneficiárias do programa Agro Fraterno e resumiu o sentido em gratidão a todos. “Eu quero agradecer a todos os envolvidos por essa ajuda, e dizer que representa muito para quem até ontem quase não tinha o que comer. A ajuda é muito bem vinda, e estou muito grata por saber que existem pessoas que lembram de nós dos assentamentos”, afirmou.

Já para Karolina Santos Donato, moradora da  zona rural de Doverlândia, a entrega das cestas é um ato simbólico mas que diz muito sobre a sensibilidade de todos os envolvidos com o programa. “Estou muito grata ao presidente da Faeg, Zé Mário, e ao Senar Goiás, que por meio do Agro Fraterno estão ajudando muitas famílias nesse difícil momento que estamos passando”, diz. 

Avanços na Infraestrutura goiana

Durante as visitas nos municípios, Zé Mário também anunciou importantes benefícios destinados à melhoria da qualidade de vida dos cidadãos goianos, como as obras de infraestrutura na região. 

Em Doverlândia, Zé Mário realizou a entrega simbólica dos projetos executivos para a pavimentação asfáltica, corte de serra e construção de pontes na GO-221 (região da Dorinha), GO-465 (Córrego Rufino e Rio do Peixe) e  GO-461. 

“São Demandas históricas que recebi das lideranças da região, e graças a sensibilidade e gestão do nosso governador Ronaldo Caiado, do presidente da Goinfra, Pedro Sales, com a importante contribuição dos produtores rurais, estamos unindo esforços para garantir mais dignidade e renda a todos, do campo à cidade”, enfatizou.

Comunicação Sistema FAEG/SENAR