Curso do Senar Goiás leva oportunidade de melhoria no processo da avicultura básica

O curso é abrangente e apresenta uma forma de criação mais aprimorada para a Avicultura Básica. A formação está na grade de cursos do Sistema Faeg/Senar que em parceria com o Programa Goiás Social, do Governo do estado oferece a capacitação técnica necessária aos produtores desse setor.

Ao contrário do que se pode imaginar a criação dessas aves de forma mais rústica deve seguir orientações sanitárias, assim como a melhoria genética, resultando em maior renda aos produtores que investem na atividade.

Com tanta tecnologia chegando cada dia mais ao campo, com grandes novidades nas diferentes cadeias produtivas, estejam elas em pequenas, médias ou grandes propriedades o produtor precisa se adequar.  Para os criadores desse tipo de ave não poderia ser diferente, afinal de contas foi a época onde criar um frango caipira era só ter um quintal e milho para alimentação.

O Curso ministrado pelo Senar Goiás que segue todas as normas de prevenção contra COVID 19, capacita o produtor que pretende dar início a criação e aquele que já está na atividade para que ambos trabalhem com mais segurança obtendo mais assertividade e lucratividade.

A formação tem grade de 24 horas, que  informar sobre o processo de seleção das aves, características e manejo das aves de corte, a legislação aplicada a essa cadeia e tipos de rações, formas de abate e comercialização de aves entre outros processos. Na cidade de Americano do Brasil - GO, a primeira turma começou a receber hoje (22/04) a formação. A coordenadora do GPS - Gabinete de Políticas Sociais e Primeira-Dama de Goiás, Gracinha Caiado, do Secretário da Agricultura, Antônio Carlos, e do Presidente da Emater, Pedro Leonardo Rezende, acompanharam o início dos trabalhos com a Instrutora do Senar goiás Danusa Romana de Lemos e Claudimeire de Castro, Coordenadora Técnica do Senar, juntamente com os participantes, que durante três dias, estarão envolvidos nessa capacitação. 

Comunicação Sistema Faeg Senar