Após solicitação da Faeg, valores de crédito do FCO para produtores rurais são ampliados

Na reunião do Conselho de Desenvolvimento do Fundo Constitucional do Centro-Oeste -(FCO), realizada nesta quinta-feira (28/04), na sede da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), foram anunciadas importantes conquistas para os produtores rurais, ambas articuladas pela federação junto ao referido conselho. 

“A Faeg encaminhou ao Conselho de Desenvolvimento do Estado – CDE/FCO, em fevereiro deste ano, a proposta para a correção dos valores referentes aos limites de crédito para o teto do setor rural para o exercício de 2022.  Sensível à situação econômica que o setor rural enfrenta, o Governo de Goiás, após o nosso pedido e estudo do Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária de Goiás, o Ifag, juntamente com a Secretária de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a Seapa, que demonstrou o aumento dos preços dos principais insumos agropecuários pagos pelos produtores, foi feita a aprovação. Isso vem para suprir os aumentos de custos em mais de 50%, no caso de animais de reposição, além de mais de 130% no caso de fertilizantes e defensivos e ainda mais de 200% no caso de máquinas e equipamentos. Então a proposta que foi apreciada e aprovada pelo CDE/FCO, resultou na correção dos limites de crédito”, explica Edson Novaes, diretor executivo do Ifag.

O presidente do Sistema Faeg/Senar e deputado Federal José Mário Schreiner, reforça o quanto as aprovações desses reajustes fazem diferença para a economia do Estado e para o produtor rural. “Nós vivemos num momento de pouca oferta de crédito no Brasil. Hoje está muito restrito ao PRONAF, ao passo que os médios produtores e os maiores produtores não têm crédito disponível. E nós estamos buscando em Brasília soluções para isso. Então essa aprovação do FCO vem de certa forma cobrir essa lacuna que existe no crédito rural. São matérias extremamente importantes aprovadas que vem de encontro ao aumento da produção e sustentabilidade. Assim Goiás continua avançando com ações como essa tão defendida pela Faeg”, desataca.

Veja os reajustes de créditos que irão beneficiar os produtores rurais


No total foram aprovadas 67 Cartas -Consultas no valor total de R$86.187.839,30. O Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste – FCO foi criado pela Lei n° 7.827, de 27.09.1989, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento econômico e social da Região, mediante a execução de programas de financiamento aos setores produtivos, prioritariamente aos Mini e Pequenos Produtores Rurais e Microempreendedores Individuais, Micro e Pequenas Empresas. É um importante instrumento que tem auxiliado os empreendedores, em específico do setor rural, para a manutenção e geração de empregos e renda para o Estado de Goiás, para a região centro-oeste e para todo o país.

Comunicação Sistema Faeg/Senar/Ifag