Senar responde dúvida de avicultor iniciante

O Gaspar Alves montou um pequeno galinheiro em um sítio que acabou de receber de herança, no município de Piracanjuba. Sem muita experiência com a criação de aves caipiras, ele tem notado que alguns pintinhos, e até frangos e galinhas mais velhas, morrem após alguns dias, eliminando fezes esbranquiçadas. Outros ficam com uma espécie de soluço esticando o pescoço. Ele comprou alguns medicamentos na casa veterinária e algumas aves melhoraram. Um caseiro disse a ele para colocar uma dosagem pequena de creolina na água que as galinhas bebem, pois isso preveniria doenças. Ele mandou um pedido de orientação para o Senar Goiás. Quer saber se  o que foi sugerido a ele pode ser feito sem prejuízo e quais suplementos ou medicamentos preventivos podem ser usados?

Veja o que respondeu a instrutora do curso de Avicultura, do Senar Goiás, Danusa Lemos

Gaspar, a primeira coisa que você deve fazer é desinfetar todo o espaço onde as aves ficam com cal virgem ou desidratada e, depois, fornecer antibiótico e vermífugo a elas  para eliminar a diarreia branca.

Quanto ao soluço, pode ser que seja verme. Sendo assim, fornecendo um vermífugo, você vai eliminar estes parasitas das aves. Mais saiba que se deve evitar lama e água parada no local onde as aves ficam.

A creolina pode ser usada para desinfetar equipamentos, mas não fornecer para beber, pois pode causar danos no sistema digestivo das aves. Para evitar prejuízos na criação, é preciso fornecer ração de boa qualidade para cada fase da vida das aves e, também, fazer o controle de doenças, ou seja, vacinando e vermifugando todas as aves, de dois em dois meses.

O que previne doenças é vacina. Não se deve fornecer creolina para as aves beberem. Pois a pele grossa da moela fica fininha e ela não consegue absorver os nutrientes da alimentação. O que faz as aves desenvolverem bem é um bom manejo com alimentação de qualidade, controle de doenças com vacina e vermífugo.

Comunicação Sistema Faeg/Senar