Processamento Artesanal de Carnes do Senar Goiás desperta empreendedorismo e gera renda extra para assistente técnica

Com grande habilidade na arte de cozinhar, a assistente técnica, Keila Dias buscava uma oportunidade para empreender. Ela sempre teve acesso aos cursos do Senar Goiás e foi no de Processamento Artesanal de Carnes que encontrou a inspiração que precisava. “Fiz o curso, me preparei e  comecei a produzir. Aprimorei vários sabores de linguiça, técnicas de almôndegas, hambúrguer e vi a oportunidade de inserir os discos no cardápio que era algo que meus amigos gostavam muito”.  

É nos fins de semana que prepara os produtos em casa. Junta o prazer de cozinhar com a possibilidade de ter uma renda extra. “Fabrico nos finais de semana, mas não perco encomendas não. Me organizo com o prazo de entrega de dois dias e fabrico a noite se precisar. Já cheguei a ficar até meia-noite fazendo produtos para não perder vendas. 

O cardápio da Keila é bem diversificado. O que mostra as possibilidades que o curso do Senar oferece, dando base para várias criações. Ele produz linguiça suína com recheios de muçarela, bacon, frango com  muçarela e bacon, além de hambúrguer, almôndega suína e de frango e os famosos discos.

“Já comprei um freezer esse final de semana porque as vendas têm crescido e pretendo pagar com o lucro. Eu vendo em algumas empresas, para amigos e essas pessoas vão falando para outras e tenho a expectativa de crescer bastante. O Curso de Processamento Artesanal de Carnes do Senar Goiás tem uma parte de empreendedorismo topíssima. São dicas maravilhosas para dar uma alavancada mesmo”, conclui . 

O gerente de Promoção Social (PS) do Senar Goiás, Renildo Teixeira, destaca que o curso tem trazido muitas oportunidades para melhorar a renda de dezenas de pessoas nos vários municípios de Goiás. “De fevereiro até agora tivemos 19 turmas, num total de 167 participantes. Um outro exemplo de sucesso vem de Pontalina, cidade que fica a 120 km de Goiânia. A intenção da prefeitura é montar uma indústria de carnes artesanais e o treinamento veio para qualificar quem se interessa por esse mercado. O prefeito e a primeira-dama até fizeram um vídeo explicando como o curso foi importante”. 


Para conhecer mais sobre o Processamento Artesanal de Carnes do Senar Goiás acesse: https://sistemafaeg.com.br/senar/cursos-e-treinamentos/alimentacao-e-nutricao/processamento-artesanal-de-carnes ou procure o sindicato Rural da sua região. Dez treinamentos já estão agendados até setembro.

Comunicação Sistema Faeg/Senar