Sistema de Tratamento de Dejetos de Animais promove economia para produtores rurais

Curso oferecido pelo Senar Goiás ajuda, ainda, na sustentabilidade da propriedade e a torna mais produtiva

Há quase três anos, a Fazenda Jerivá, em Abadiânia, passou a aproveitar os dejetos das vacas leiteiras e de suínos para gerar energia. Segundo o gerente geral da propriedade rural, Abrão Bernardes, o processo garante eletricidade para 70% do consumo da propriedade, além de diminuir resíduos que antes causavam prejuízos à fazenda. "Antes, as fezes dos animais precisavam ser recolhidas por um limpa fossa e isso gerava muito chorume e mau cheiro.

 Era uma trabalheira e tinha muito custo", conta. Mas ao implantar o tratamento dos dejetos dos animais, o que se viu foi uma grande economia e uma melhora na autossuficiência da Fazenda. "A propriedade tem outro aspecto. Além da geração de energia com o gás produzido no biodigestor, depois enviado aos geradores, conseguimos, por ano, cerca de 500 toneladas de adubo natural com os resíduos secos que passam pelo processo de compostagem. Ele é usado nas lavouras de milho e com isso reduzimos em 80% o uso de adubos químicos. A parte líquida também vai para as hortas orgânicas, através da fertirrigação. O aproveitamento é de 100%", comemora. 

De acordo com dados do Sistema de Informação para Energia (SIEnergia), da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), com base na produção e rebanho de 2017, Goiás tem potencial para produzir até 35% energia a mais para o campo, com o uso dos dejetos de animais, observando o consumo registrado pelas distribuidoras (Enel e Chesp) em 2019. Para que mais produtores consigam aproveitar os benefícios econômicos e ambientais de um material que na maioria das vezes é descartado da forma inadequada, o Senar Goiás lançou, no mês de junho, o curso Tratamento de Dejetos de Animais, com foco na pecuária leiteira. A carga horária é de 20 horas e os conteúdos estão organizados em três módulos, de forma on-line e gratuita. Veja a grade: 

Módulo 1 - A tecnologia e os benefícios do tratamento de dejetos 

Aula 1: Tecnologias de baixa emissão de carbono 

Aula 2: Benefícios econômicos do tratamento de dejetos animais 

Aula 3: Benefícios ambientais do tratamento de dejetos animais


Módulo 2 - Sistemas de produção leiteiros e os dejetos de animais

Aula 1: Bovinocultura leiteira e tratamento dos dejetos 

Aula 2: Caracterização dos sistemas de produção de bovinos leiteiros 

Aula 3: Caracterização dos dejetos de bovinos leiteiros 

Aula 4: Consumo de água pelos bovinos leiteiros

 Aula 5: Métodos de racionalização do uso da água 

Aula 6: Impacto da alimentação na produção de dejetos

 

Módulo 3 - Controle de pragas e doenças 

Aula 1: Tratamento de dejetos de bovinos leiteiros 

Aula 2: Separação dos dejetos 

Aula 3: Compost Barn 

Aula 4: Biodigestores e produção de energia elétrica 

Aula 5: Compostagem mecanizada 

Aula 6: Uso dos biofertilizantes líquidos e sólidos na propriedade

Para se matricular no curso acesse:  http://ead.senargo.org.br/cursos/tratamento-de-dejetos-animais

Crédito da foto: Divulgação

Comunicação: Sistema Faeg/Senar