Prazo de entrega da declaração do ITR acaba na quinta-feira

A Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (DITR), referente ao exercício 2021, começou no dia 16 de agosto e termina na próxima quinta-feira, 30 de setembro. Pessoas físicas ou jurídicas proprietárias, titulares do domínio útil ou possuidoras de qualquer título de imóvel rural, inclusive a usufrutuária, são obrigadas a apresentar a declaração.

De acordo com normativa, também está obrigado a entregar a DITR quem perdeu a posse do imóvel rural ou o direito de propriedade pela transferência ou incorporação do imóvel rural ao patrimônio do expropriante, entre 1º de janeiro de 2021 e a data da efetiva apresentação da declaração.

O valor do ITR pode ser pago em até quatro parcelas, com valor mínimo de R$ 50. Se o valor for inferior a R$ 100, deve ser pago em cota única. O pagamento pode ser feito por transferência bancária apenas nos bancos autorizados ou por meio de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF), em qualquer agência bancária integrante da rede arrecadadora de receitas federais.

O proprietário rural que declarar o ITR fora do prazo pagará multa de 1% ao mês, calculada sobre o total do imposto devido. As regras de pagamento mantêm-se em caso de atraso.

Em Goiás, o Senar realizou vários seminários de ITR com em parceria com Conselho Regional de Contabilidade Rural e Sindicatos Rurais.

Imagem: Divulgação

Comunicação Sistema Faeg/Senar