Gestores do Senar Goiás visitam o Senar Minas

O superintendente do Senar Goiás, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, e dois coordenadores da entidade chegaram a Belo Horizonte nesta quarta-feira (17) para uma visita ao Senar Minas, onde o objetivo é conhecer o processo de construção da sede, ao modelo de gestão da entidade e a estrutura de funcionamento dos escritórios regionais.

O superintendente veio acompanhado de Dirceu Borges, gestor da Assessoria de Coordenação das Regionais e de Planejamento, e de Manoel de Castro Júnior, gestor da Assessoria de Controle Interno e Qualidade. Os três foram recebidos pelo superintendente mineiro, Antônio do Carmo Neves e, ao longo do dia, assistiram apresentações de gestores do Senar Minas sobre o planejamento estratégico, instrumentos de gestão, a estrutura funcional do Senar e o Encontro de Entidades Cooperadas. Na quinta-feira (18), o grupo viajou na companhia do assessor de planejamento Celso Furtado Júnior para conhecer o Escritório Regional de Sete Lagoas.

A partir da esquerda, o superintendente Antônio do Carmo Neves e o superintendente Antônio Carlos Lima Neto; Manoel Castro Júnior, gestor da Assessoria de Controle Interno e Qualidade, Dirceu Borges, gestor da Assessoria de Coordenação das REgionais e de Planejamento, e o superintendente do INAES, Pierre VilelaO Senar Goiás foi criado em 1993 e possui 12 regionais no estado. Antônio Carlos Neto assumiu a superintendência em janeiro deste ano, após ser coordenador de outros setores da entidade. O superintendente também já trabalhou no Sistema Faemg, onde integrou a Assessoria Técnica até 2010. “Estamos tendo a oportunidade de trocar uma série de experiências em Promoção Social e Formação Profissional Rural, no desenvolvimento dos projetos especiais, e ao mesmo tempo conhecer os resultados de todo esse trabalho magnífico que o Senar Minas faz”, elogiou. Para ele, a estrutura da entidade mineira e os projetos servem de inspiração para Goiás e outros estados.

Antônio do Carmo Neves disse que fica feliz quando superintendentes que assumiram recentemente venham conhecer o Senar, pois isso gera satisfação e comprometimento da entidade. “Tenho a perspectiva de que os superintendentes possam levar daqui referências positivas que possam ser adaptadas às suas realidades, assim como esperamos trocar muitas informações. O Senar é uma família só e a gente tem que estar junto e procurar conhecer o que cada um tem de melhor para podermos avançar cada vez mais”, destaca.

Assista abaixo os depoimentos dos superintendentes do Senar Goiás e do Senar Minas sobre a visita: