Sistema Faeg/Senar e Embrapa Cerrados iniciam parceria para criação de sistema informatizado de diagnóstico tecnológico para o produtor rural

O Sistema Faeg/Senar e a Embrapa Cerrados iniciaram nesta quarta-feira (24) uma parceria promissora que visa levar tecnologia e inovação para o produtor rural. A reunião foi conduzida pelo superintendente do Senar Goiás, Dirceu Borges, e o chefe geral da Embrapa Cerrados, Sebastião Pedro, juntamente com equipes técnicas das duas instituições.

A proposta é criar um sistema informatizado para avaliação do nível tecnológico das propriedades rurais, partindo de um check-list das tecnologias disponíveis e as que são utilizadas em cada negócio rural. Um score, ou seja, um sistema de pontuação deverá sugerir adequações e inovações pertinentes, como por exemplo, qual a tecnologia ideal a ser adotada para um produtor de leite, dada a quantidade de vacas em lactação, num determinado local e com tal área disponível. Inicialmente, o sistema será aplicado nos produtores do Programa ConectaCampo, que compõem a rede de produtores inovadores do Senar Goiás e, a partir da validação do modelo proposto, estará disponível para os produtores assistidos no Programa Senar Mais, de assistência técnica e gerencial.

Para Dirceu Borges, “essa parceria trará importantes avanços para o meio rural, com a avaliação da situação atual e proposição de ações pontuais em relação aos temas inovação e tecnologia, tanto por parte do Senar Goiás, quanto da Embrapa e de outros parceiros que venham a integrar esse projeto”, explica.

Segundo Sebastião Pedro, “a união da capilaridade e acesso ao produtor rural, principalmente com o Programa ConectaCampo, com o portifólio de tecnologias que a Embrapa dispõe, será de grande valia para o agro goiano e brasileiro”, completa.

Também participaram da reunião propositiva, o gerente de Inovação do Senar Goiás, Fernando Borges, o diretor de TI do Senar Goiás, Pedro Henrique, o pesquisador da Embrapa Cerrados, Rui Fonsêca, e os analistas da Embrapa Cerrados, Chang das Estrelas e Juaci Vitória Malaquias.

Comunicação Sistema Faeg Senar