Dia de Campo da I Semana Senar reúne 400 jovens em Rio Verde


Mais de 400 jovens estiveram presentes no Dia de Campo de encerramento da I Semana Senar, realizada no IF Goiano - campus Rio Verde, de 14 a 18 de fevereiro. “Nosso projeto piloto decolou”, resumiu o superintendente do Senar Goiás, Dirceu Borges, na abertura oficial do Dia de Campo.

Rio Verde foi o primeiro município a receber o evento. “Foi uma semana intensa com 30 treinamentos oferecidos pelo Senar, especialmente para os estudantes de ciências agrárias do IF e tenho certeza que essa experiência em breve será estendida para outros municípios e universidades”, acrescentou Dirceu. 


O reitor do IF Goiano, professor Elias de Pádua Monteiro, também participou das atividades. Ele destacou a relevância da integração entre o Sistema Faeg/Senar e as instituições de ensino superior. “Demos uma oportunidade para que nossos jovens estivessem imersos nos treinamentos enquanto ainda estão no ambiente universitário”, disse o reitor. “Eles aprenderam na prática como operar tratores e outros equipamentos agrícolas de última geração. Essas são práticas fundamentais”, acrescentou o professor Elias.

“Como produtora rural estou muito feliz em ver ações como essa, porque sei que lá na frente quando eu for contratar um profissional para a fazenda e ele tiver operado um trator de última geração, certamente estará bem mais apto a administrar uma equipe ou até mesmo a propriedade”, comentou Simone Carvalho, diretora do Sindicato Rural de Rio Verde. “É muito importante saber fazer”, encerrou Simone.

Orgulhoso em citar que ex-alunos do IF estão ocupando cargos estratégicos nas principais instituições que representam o agro, o diretor-geral do IF Goiano, campus Rio Verde, professor Fabiano Guimarães, enfatizou a importância das parcerias e dos projetos de pesquisa e extensão para o desenvolvimento de talentos e a formação profissional rural.

“Não há dúvida que precisamos levar o conhecimento e a tecnologia para toda sociedade” destacou o deputado federal e presidente do Sistema Faeg/Senar – Zé Mário Schreiner, após narrar para os jovens universitários um pouco sobre sua trajetória acadêmica nos Colégios Agrícolas do Rio Grande do Sul.  O presidente do Sistema Faeg também ressaltou que os jovens devem investir nos seus sonhos e na capacitação contínua para ser uma referência na sua área de atuação sempre.


Bastante aplaudido pelo público, Zé Mário seguiu para a inauguração do Laboratório de Ciências Agrárias do IF Goiano, que foi equipado com implementos agrícolas no valor de R$ 886 mil a partir de uma emenda parlamentar de sua autoria. 

“Foi uma experiência diferenciada. Fiquei interessado em fazer todos os cursos. Mas, pelo tempo escolhi: recuperação de nascentes e Mata Ciliar e manejo de pastagens”, conta o participante Eberton Carlos de Jesus. “Na propriedade da minha família estamos começando um projeto para recuperação das nascentes e melhora das pastagens, agora vou levar as ideias pra lá e no final de ano quero um fazer um Dia de Campo para mostrar os resultados”, pontua Eberton.

 “A prática da faculdade é muito boa – porém, as vezes precisamos sair da caixinha e ver algo novo em outro lugar para visualizar algo diferente que pode agregar no nosso currículo”, disse o estudante. “Esses cursos e treinamento somam bastante na nossa vida profissional”, afirmou ele.


Ainda durante a manhã, os jovens percorreram cinco estações onde foram apresentados os resultados das pesquisas que estão sendo desenvolvidas pelo IF Goiano na região sudoeste do Estado, como: herbicidas em sistemas de integração lavoura-; implantação da integração lavoura-pecuária-floresta; manejo de sistemas consorciados em integração lavoura-pecuária; implantação de árvores em pastagens.  Além de uma estação de inovação onde todos conheceram as soluções tecnológicas que estão sendo desenvolvidas no Campo Lab, o hub de inovação do Sistema Faeg/Senar, em Goiânia.

Comunicação Sistema Faeg/Senar