AJUDA
O seu próximo passo no campo goiano começa agora! Conheça todas as possibilidades que o Sistema FAEG oferece a você:

Safra goiana apresenta crescimento abaixo do esperado

Resultado é 66 maior do que registrado na safra passada impulsionado principalmente pelo crescimento da produção de soja no país. Foto Arquivo FaegCristiano Palavro com Gecom Faeg

Divulgado nesta quinta-feira (9), um novo levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) apontou o crescimento da safra de grãos brasileira, que deve chegar aos 206,3 milhões de toneladas na safra 2014/15. Este resultado é 6,6% maior do que o registrado na safra passada, impulsionado principalmente pelo crescimento da produção de soja no Brasil. Na contramão da boa notícia, em Goiás foi registrado crescimento na produção total de grãos, de 5% em relação ao ano passado, percentual abaixo do esperado. Segundo o consultor técnico do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás) para a área de cereais, fibras e oleaginosas, Cristiano Palavro, o fato se deve aos problemas climáticos enfrentados na safra de verão.

O levantamento trouxe números ainda mais positivos do que o anterior, o que foi motivado pelo bom desenvolvimento das lavouras de milho safrinha, principalmente no Centro-Oeste brasileiro. As chuvas foram abundantes no segundo trimestre de 2015 e alavancaram a produtividade da safrinha, inclusive em Goiás.

No caso da soja, principal produto goiano, mesmo com um crescimento de 4,5% na área plantada no estado, chegando aos 3,2 milhões de hectares, a produção total foi menor do que na última safra. Durante o mês de janeiro, praticamente não houve registro de chuvas nas principais regiões produtoras de grãos, o que aliado às altas temperaturas no período, resultou na pior produtividade dos últimos anos. Cristiano Palavro explica que a expectativa inicial era de uma colheita de cerca de 10,1 milhões de toneladas de soja, mas o resultado final foi de apenas 8,7 milhões, registrando uma perda total de 15%. Já para o milho, houve decréscimo na produção de verão, em função de uma queda na área plantada de 13% em relação a 2014.

Expectativa inicial era colheita de cerca de 101 milhões de toneladas de soja mas resultado final foi de apenas 87 milhões. Foto Larissa MeloA safrinha encontra-se em um cenário bastante positivo, com chuvas em níveis excelentes. A área plantada de milho safrinha chegou a 1,13 milhão de hectares em 2015, com uma produtividade média esperada de 6.400 quilos por hectare e a expectativa do fechamento da colheita em cerca de 7,2 milhões de toneladas, resultado 24% maior do que na safra anterior.

Feijão e algodão

Outro produto importante em Goiás, o feijão, deverá fechar esta safra com uma produção total de 240 mil toneladas, resultado 8,8% menor do que em 2014. Segundo o Palavro, isso se deu em função da queda na área plantada nas três safras deste grão, ocorridas principalmente por rendimentos menos atrativos para a cultura neste ano e alguns problemas fitossanitários.

Por fim, para o algodão, o levantamento da Conab aponta que Goiás segue uma tendência de decréscimo na produção, e deve fechar a produção do produto em caroço em 132 mil toneladas, resultado 37% menor do que em 2014.

Áreas de atuação

Veja também

Produção

Notícia

Produção de soja e milho sofreram ajustes dos números para safra 23/24

Safra

Agricultura

Safra 23/24: Relatório do USDA apresenta leves oscilações

Senar

Notícia

Senar Goiás lança curso online: “Nutrição de bovinos de leite na era da pecuária 4.0”

Imagem