AJUDA
O seu próximo passo no campo goiano começa agora! Conheça todas as possibilidades que o Sistema FAEG oferece a você:

CNA apresenta oportunidades de investimentos aos chineses

Imagem

Brasília (28/11) – Especialistas do Brasil e da China reuniram-se nesta semana, na sede da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), para discutir as possibilidades de aproximação entre os dois países, o que pode resultar num acordo de cooperação bilateral para ampliação do comércio e atração de investimentos. O tema foi discutido com integrantes da delegação do Ministério de Finanças e Comércio da China e da Corporação Internacional de Engenharia Consultiva da China.

Participaram do encontro o presidente do Instituto CNA (ICNA), Moisés Gomes; a superintendente de relações internacionais do ICNA, Tatiana Palermo; o presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Rubens Rodrigues dos Santos; o superintendente de Armazenagem da estatal, Rafael Borges Bueno; a diretora de Departamento de Promoção Internacional do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Telma Gondo; além de representantes do Ministério das Relações Exteriores.

A delegação chinesa está no Brasil para uma série de reuniões com o objetivo de prospectar oportunidades de investimentos no país. Durante a reunião, o presidente do ICNA destacou que o envolvimento da CNA com a China tem sido muito grande nos últimos dois anos. Foram quatro missões ao país asiático e a realização do seminário “AgroInvest Brasil”, em Xangai, evento que reuniu, há dez dias, cerca de 250 empresários dos dois países.

Além disso, a CNA abriu um escritório de representação em Pequim e criou um portal (www.agroinvestbrasil.com), com informações sobre projetos e regras para investimentos no Brasil. As iniciativas têm o objetivo de aproximar os dois países e ampliar negócios e parcerias. “As possibilidades de cooperação são muitas, não só para a agropecuária, mas, de forma ampla, para serviços, engenharia e logística”, afirmou o presidente do ICNA.

Ao classificar como “estratégica” a parceria entre os dois países, o diretor-geral do Departamento de Investimentos no Exterior e Cooperação Econômica do Ministério do Comércio, Lin Chen, destacou o foco da delegação. “O objetivo da visita é desenvolver ainda mais a cooperação agrícola e procurar novas oportunidades nesta área”, afirmou Lin Chen, que lidera a comitiva.

O financiamento para armazenagem de produtos agrícolas no Brasil foi um dos temas do encontro. Segundo os representantes da Conab, o governo federal tem agido para corrigir o problema do déficit de armazenagem no país por meio de programas de financiamento para construção de armazéns privados, reforma e construção de novas unidades armazenadoras.

Empresários chineses que integram a delegação mostraram-se interessados no financiamento para armazenagem e nos eventuais incentivos para empresas chinesas que queiram se instalar no Brasil, temas que serão aprofundados nas próximas conversas.

Áreas de atuação

Veja também

Mercado

Notícia

Mercado com vantagens de ser premium

Condições

Preço Hortifrutis

Condições climáticas continuam impactando nos preços de Hortigranjeiros

Cosméticos

Caso de Sucesso

Cosméticos feitos com mel: esteticista realiza sonho com ajuda da ATeG do Senar Goiás

Imagem