AJUDA
O seu próximo passo no campo goiano começa agora! Conheça todas as possibilidades que o Sistema FAEG oferece a você:

Colheita do girassol em Goiás deve ser concluída até 25 de julho

Imagem

Na atual safra, Goiás já ocupa o primeiro lugar nacional em área plantada com girassol, são mais de 23.000 alqueires

Todos os anos, o girassol deve ser plantado até o dia 15 de março e colhido até 30 de junho, conforme definido na Instrução Normativa Agrodefesa nº 08/2017, que ainda está em vigor. No entanto, atendendo a solicitação de produtores, a instituição decidiu autorizar novamente, a ampliação do prazo para 25 de julho, conforme a Instrução Normativa nº 03/2021, publicada em 19 de maio de 2021.

Por causa da agrande quantidade de chuva no mês de fevereiro a soja acabou sendo colhida mais tarde, atrasando o plantio do girassol. O cultivo é feito em regime de safrinha na sequência da soja.

Vale destacar que o início do vazio sanitário da soja começa em 1º de julho. De acordo com a Agrodefesa, só podem permanecer no campo para colheita até 25 de julho aquelas lavouras que não se encontrarem tecnicamente em estágio adequado até dia 30 de junho. Diante da reincidência da solicitação de prorrogação da colheita, a Gerência de Sanidade Vegetal discutirá junto as entidades da classe e pesquisa científica as ponderações pertinentes quanto a alteração do calendário anual, de modo a evitar que se repita a mesma solicitação em 2022.

Os produtores ficam obrigados a destruir toda e qualquer planta voluntária de soja nas imediações das lavouras de girassol, permitindo que aquelas no interior da cultura permaneçam sem obrigação de destruição até a colheita do girassol. E mais: torna obrigatória a destruição imediata, seja física ou química, de toda e qualquer planta voluntária de soja, até no máximo cinco dias após a colheita da lavoura de girassol. Todos esses cuidados são para minimizar o problema da ferrugem asiática da soja nos plantios de verão, que começam em outubro.

Imagem: divulgação

Comunicação Sistema Faeg/Senar/Ifag, com informações da Agrodefesa

Áreas de atuação

Veja também

Mercado

Notícia

Mercado de aluguel de máquinas agrícolas apresenta boas opções para pequenos e médios produtores

Apicultores

Notícia

Apicultores de Goiás devem cadastrar propriedade criadora de abelhas junto a Agrodefesa

Interleite

Notícia

Interleite Brasil 2024 será realizado com apoio do Senar Goiás

Imagem