AJUDA
O seu próximo passo no campo goiano começa agora! Conheça todas as possibilidades que o Sistema FAEG oferece a você:

Vice-presidente de governo do BB recebe produtores goianos

Imagem

bbO presidente da Federação de Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), José Mário Schreiner e representantes dos municípios de Jesúpolis, Jaraguá e São Francisco de Goiás se reuniram, na última quarta-feira (10), com o vice-presidente de governo do Banco do Brasil, Benito Gama. O encontro foi realizado na sede do banco, em Brasília, e tratou do leilão de terras que inclui cinco cidades de Goiás.

O objetivo principal do encontro foi repassar a situação dos proprietários ao vice-presidente do Banco do Brasil, a fim de impedir o leilão de terras que atinge até 80% de um município goiano. “O Benedito Gama, vice-presidente de governo acolheu nosso pedido de ser mais uma voz a nos ajudar. Este contato é extremamente importante. Nós não podemos deixar que estes produtores percam as terras deste jeito e vamos buscar, em conjunto, uma saída para o problema”, afirmou José Mário.

Os produtores faziam parte de uma cooperativa alcooleira criada na década de 1980, que faliu e teve propriedades rurais hipotecadas. Em janeiro deste ano, o Banco do Brasil ganhou na Justiça uma ação com o direito de realizar o leilão das propriedades e a história ganhou repercussão nacional depois que um produtor morreu em Jesúpolis ao dar uma entrevista sobre o assunto para uma TV local.

O leilão está suspenso, por enquanto, por meio de uma liminar concedida aos produtores rurais, mas a preocupação persiste. O desejo inicial deles é que o banco também suspenda o processo até que seja feito um levantamento de débitos e uma negociação. “Entregamos ao Benedito um documento com este pedido porque estamos com medo de perder nossas terras. Sem essa suspensão eles podem vender as propriedades a qualquer momento. Fomos bem recebidos e acredito que conseguiremos o apoio”, completou o presidente do Sindicato de São Francisco de Goiás, Watson Gama.

Também participaram da reunião o deputado federal Jovair Arantes (PTB); prefeito de Jaraguá, Ival Danilo; prefeito de Jesúpolis, Wygnerlei Justino e o prefeito de São Francisco de Goiás, Luiz Antônio.

Reunião em Goiás
Uma primeira reunião já havia ocorrido no último dia 26 de junho entre uma comissão que representa os produtores e o superintendente estadual do BB, Edson Bündchen. Na ocasião, ficou definido que o banco vai individualizar as dívidas e tentar abrir uma negociação com os envolvidos. André Luiz Althoff, gerente de Renegociação de Dívidas ficou responsável pelo relatório detalhado das dívidas. Não foi estabelecido, entretanto, um prazo para a entrega desses valores.

Negociação
Quatro tópicos principais ficaram definidos durante a reunião em Goiás para facilitar o trabalho da superintendência. O primeiro passo está sendo a abertura da negociação e o segundo, a separação do débito de cada produtor. Apesar de serem responsabilizados por uma única ação, cada um possui débito em valor diferenciado. A reclamação geral é que eles sequer sabem qual o valor da dívida.

Apesar disso, possuem em comum uma certeza: não podem perder o único meio de sobrevivência. Em Goiás, eles solicitaram, também a suspensão do leilão por parte do banco e a inclusão da União na negociação. O medo está relacionado ao fato de muitos terem negociado com o banco há 10 anos, mas ainda continuarem devendo para a União.

Gerente de Renegociação de Dívidas do Banco do Brasil, André Luiz Althoff prometeu analisar os documentos do processo e, em breve, separar os débitos de cada produtor. Além disso, ele irá apresentar planos individuais de renegociação.

Veja fotos da reunião clicando no link abaixo:

http://sistemafaeg.com.br/comunicacao/fotos/category/38-reuniao-faeg-banco-do-brasil-e-jovair-arantes-leilao-de-terras

Foto: Assessoria Jovair Arantes

Áreas de atuação

Veja também

Cosméticos

Caso de Sucesso

Cosméticos feitos com mel: esteticista realiza sonho com ajuda da ATeG do Senar Goiás

Expandindo

Resultados

Expandindo horizontes com a ATeG do Senar Goiás

De

Caso de Sucesso

De Madagascar para o Cerrado

Imagem