AJUDA
O seu próximo passo no campo goiano começa agora! Conheça todas as possibilidades que o Sistema FAEG oferece a você:

Iris Rezende: “Vivo na carne os problemas do produtor”

Imagem

expectativas governo- irisMichelle Rabelo
“Vivo na carne os problemas do produtor”, disse Iris Rezende (PMDB) ao chegar à Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg). Segundo colocado nas pesquisas sobre a corrida à Casa Verde, ele recebeu, na manhã desta quinta-feira (25), um documento com as demandas do setor agropecuário para os próximos quatro anos. O material, produzido pela Faeg, foi entregue ao candidato pelo presidente da entidade, Leonardo Ribeiro.

Além de Iris, Marconi Perillo (PSDB) também recebeu o documento. Marta Jane (PCB) não compareceu à Federação, apesar de ter confirmado sua participação, agendada para as 10 horas.

Assim que o peemedebista chegou à Faeg, Leonardo Ribeiro explicou que a intenção da entidade é colaborar para que o próximo governador de Goiás trabalhe para que o setor agropecuário se desenvolva de uma maneira cada vez mais dinâmica. “O que queremos é uma sociedade mais justa, já que o agronegócio produz grande parte da riqueza do estado”.

Leonardo explicou ainda que o documento foi dividido em sete temas que representam as principais expectativas dos produtores rurais de Goiás: responsabilidade social (educação, capacitação profissional, saúde e pobreza rural), infraestrutura e logística, pesquisa assistência técnica e extensão rural, meio ambiente e recursos hídricos, política agrícola, segurança alimentar e segurança rural.

A agropecuária que sustenta o Brasil
Iris teve 15 minutos para expor os pontos do seu plano de governo que dizem respeito ao agronegócio. Para a plateia, composta por representantes do setor como produtores e presidentes de Sindicatos Rurais (SRs), ele relembrou sua carreira política e disse que viveu no campo entre seis e 16 anos, quando veio para Goiânia e se tornou vereador. “Eu sou um militante da zona rural, pois vivi na pele a agricultura antiga e já estive à frente do Ministério da Agricultura. É a agropecuária que sustenta o Brasil”.

expectativas governo- larissamelo - 77Iris, que se diz político por vocação, citou ainda a criação do Fomentar e a pavimentação das estradas que ligam o campo à cidade. “As minhas ações agigantaram Goiás, que passou a produzir em grande escala leite, arroz e milho. Jornalistas e professores não conheciam a palavra mutirão antes da minha gestão”. Ele se comprometeu a reestruturar a Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) e reabrir a Empresa Goiana de Pesquisa Agropecuária (Emgopa).

O candidato recebeu o documento e se despediu, prometendo realizar a administração mais bela de sua carreira, caso seja eleito. Ele não concedeu entrevista coletiva devido a problemas de agenda.

Iris não apresentou propostas de fato, mas em seu plano de governo, o candidato se compromete a, entre outras coisas, aumentar em 20% o PIB do estado e em 30% a capacidade de transmissão e distribuição de energia elétrica. Implantar centrais de abastecimento regionais em parcerias com os municípios para melhorar o escoamento da produção agropecuária e recriar a Patrulha Mecanizada Regionalizada para dar assistência às prefeituras e aos pequenos e médios produtores rurais.

Iris pretende ainda criar um projeto específico de requalificação e formação profissional dos trabalhadores rurais que perdem o emprego devido à mecanização e implantar projetos de capacitação e qualificação de mão-de-obra, em parceria com o Sistema “S”.

Outros nomes
No período da tarde é a vez dos candidatos Professor Weslei (PSOL), que fala às 15 horas e Alexandre Magalhães (PSDC) que apresenta suas propostas a partir das 16 horas, conforme pré-agendamento.

Devido a problemas de agenda, o candidato Vanderlan Cardoso (PSB) deve receber o documento em um horário alternativo, quando será recebido no gabinete do presidente da Faeg, Leonardo Ribeiro. Já Antônio Gomide (PT) não comparecerá, pois não respondeu à solicitação da Federação.

Áreas de atuação

Veja também

Cosméticos

Caso de Sucesso

Cosméticos feitos com mel: esteticista realiza sonho com ajuda da ATeG do Senar Goiás

Expandindo

Resultados

Expandindo horizontes com a ATeG do Senar Goiás

De

Caso de Sucesso

De Madagascar para o Cerrado

Imagem