AJUDA
O seu próximo passo no campo goiano começa agora! Conheça todas as possibilidades que o Sistema FAEG oferece a você:

Presidente do Sistema Faeg/Senar chama atenção dos produtores rurais para cuidados com o coronavírus

Imagem

Presidente do Sistema Faeg/Senar e deputado federal chama atenção da população para evitar propagação da doença, mas ressalta que não há motivos para pânico__

Diante dos casos confirmados de coronavírus e mais de 200 casos suspeitos, em Goiás, muitas medidas estão sendo tomadas para conter a propagação do vírus. Aulas suspensas, comércio fechado, adiamento de grandes eventos, como a Tecnoshow Comigo, maior feira de agronegócio do Centro-Oeste, entre outras ações.

Nesse cenário alarmante, o presidente do Sistema Faeg/Senar e deputado federal, Zé Mário, avalia que não há motivos para pânico, mas a população precisa estar atenta aos cuidados para evitar a contaminação. “Chamo a atenção, em especial, do homem do campo. Não é porque, muitas vezes, eles estão afastados, que não devam se atentar às medidas de prevenção. Afinal, ninguém está imune à doença”, explica.

Zé Mário reforça que tomou medidas internas na sede da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás, para diminuir o fluxo de pessoas nesse período crítico. “Orientamos que as gestantes, pessoas com mais de 60 anos ou que apresentem sintomas da doença, trabalhem de casa. Diversas ações do sistema Faeg/Senar/Ifag, que estavam previstas para acontecer nos próximos dias, foram suspensas por tempo indeterminado, até que a situação se normalize ”, revela o presidente.

Para o presidente do Sistema Faeg/Senar, quanto mais mobilizadas estiverem as pessoas, menor o risco de contágio. “É hora de termos muita responsabilidade, seguir as orientações da secretaria Estadual de Saúde, para que juntos possamos passar por essa crise, com o mínimo de impacto possível”, fala Zé Mário.

Recursos para Goiás

Foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União, nesta segunda-feira (16), a portaria do Ministério de Saúde que libera recursos extras para o custeio de ações de saúde e enfrentamento do novo coronavírus (Covid-19) por Estados e Distrito Federal. Goiás deve receber R$ 14 milhões.

Ao todo, são R$ 424,1 milhões distribuídos entre as unidades da Federação de acordo com a estimativa de população feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São R$ 2 por habitante. Como Goiás tem uma população estimada de 7 milhões de habitantes, receberá o dobro em dinheiro.

A secretaria de Saúde de Goiás confirmou que o recurso será aplicado na equipagem e custeio do Hospital do Servidor Público, que será usado tratar e isolar possíveis pacientes infectados com a nova doença.

Fotos: Divulgação/Fredox Carvalho

Comunicação Sistema Faeg/Senar


Veja também

Mercado

Notícia

Mercado de aluguel de máquinas agrícolas apresenta boas opções para pequenos e médios produtores

Apicultores

Notícia

Apicultores de Goiás devem cadastrar propriedade criadora de abelhas junto a Agrodefesa

Interleite

Notícia

Interleite Brasil 2024 será realizado com apoio do Senar Goiás

Imagem