AJUDA
O seu próximo passo no campo goiano começa agora! Conheça todas as possibilidades que o Sistema FAEG oferece a você:

Entrega de certificados a participantes de cursos em clínica de saúde

Imagem

Crédito: Larissa MeloParceria inédita entre Clínica ATTO e o Senar Goiás capacitou 180 alunos, entre pacientes e funcionários do local

Alunos dos cursos de Panificação Rural, Bordado de Flores e Tecidos, Bordado de Fitas, Bordado de Aplicação de Tecidos e Técnicas de Pintura receberam certificados do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Goiás). Esta é a primeira vez que o Senar promove curso dentro de uma unidade de saúde. Além de oferecer capacitação para os frequentadores do local, os cursos serviram como terapia ocupacional para os alunos, que passam por tratamento contra a depressão.

Para o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás, José Mário Schreiner, aquele momento foi de uma emoção única. “Todas as vezes quer participo de entrega de certificados, fico bastante emocionado. Porém ouvir tantos relatos de alunos que lutam contra a depressão e como o Senar contribuiu para a recuperação deles, me deixa mais feliz. Vejo que proporcionaram além de qualificação profissional, a esperança de um aluno de voltar a ser produtivo na sociedade. Cada peça confeccionada pelos alunos tem um carinho especial e uma vontade enorme de superar a depressão”, disse.

O diretor executivo do Senar Central, Daniel Carrara, participou da programação de entrega de certificados. Para ele mais uma inovação que parte do Senar Goiás. “Essa é a primeira vez que participo de entrega de certificados neste contexto. Só tenho que elogiar. A Faeg e o Senar inovaram fazendo uma interação entre cidade e o campo, com isso todos ganham. Promover educação e capacitação é promover também saúde mental. Aprendi muito hoje com está programação”, ressaltou.

Segundo o diretor da Clínica Atto, Geso Oliveira, a parceria deve continuar, pois os cursos tiveram aceitação positiva de todos os pacientes. “Eles passam o dia em nossa unidade, depois retornam para a família e sua residência. Porém, durante o tempo que passam aqui oferecemos acompanhamento ambulatorial e atividades individuas ou em grupo. Quando oferecemos a proposta dos cursos, tivemos uma ótima aceitação. Além de promover qualificação profissional, os cursos serviram como uma terapia ocupacional. Tivemos progressos incríveis. Um paciente que chegou aqui sem falar com ninguém, muito depressivo, ao final do curso de Panificação Rural já fazia planos de abrir uma lanchonete”, explicou.

“Cozinhaterapia”
O curso de Panificação Rural, ministrado pela instrutora Leila Deilfino, recebeu o nome de “Cozinhaterapia”, da aluna Grasyelle Souza. Para ela os momentos de aprendizado foram, além de tudo, extremamente prazerosos. “Um aprendizado para a vida. Eu já gostava de cozinhar, mas a depressão tirou toda a minha vontade de viver. Com o curso voltei a ter prazer em alguma coisa. Aprendi a fazer muitos pratos. Quando chego em casa preparo as receitas com carinho para meu marido e filhos”.

A aluna Mônica Cristina se identificou com o artesanato. Ela fez os cursos de técnicas de pintura e aplicação em tecido. Hoje, já consegue vender algumas peças e ter uma renda extra. Mônica ressaltou que a experiência de aprender a trabalhar com as mãos nunca tinha passado por sua cabeça até conhecer os cursos do Senar Goiás.

Texto: Francis Telles
Fotos: Larissa Melo

Áreas de atuação

Veja também

Condições

Preço Hortifrutis

Condições climáticas continuam impactando nos preços de Hortigranjeiros

Cosméticos

Caso de Sucesso

Cosméticos feitos com mel: esteticista realiza sonho com ajuda da ATeG do Senar Goiás

Expandindo

Resultados

Expandindo horizontes com a ATeG do Senar Goiás

Imagem