AJUDA
O seu próximo passo no campo goiano começa agora! Conheça todas as possibilidades que o Sistema FAEG oferece a você:

Senar Goiás vai oferecer qualificação para ajudar a regularizar produção artesanal de queijos

Imagem

Proposta do governo é de integrar os órgãos de defesa sanitária, assistência técnica e apoio operacional, com o objetivo de estimular o desenvolvimento do setor.

Em Goiás, centenas de famílias trabalham na produção artesanal de queijos. Em algumas situações, são categorizados, tecnicamente, como clandestinos por não cumprirem as exigências legais de produção aplicadas à indústria. Para auxiliar os produtores desse nicho de mercado, o governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), decidiu criar um grupo de trabalho voltado ao auxílio na regularização de queijarias artesanais e fomento da comercialização desse tipo de produto.

A proposta é integrar órgãos de defesa sanitária, assistência técnica, apoio operacional, entre outros, a fim de estimular o desenvolvimento do setor, proporcionando um mercado com mais oportunidades e produtos com maior valor agregado. Além disso, a sociedade poderá ter certeza de que está adquirindo um produto dentro das normas de qualidade estipuladas pelos órgãos de controle.

A primeira reunião de alinhamento para início dos trabalhos do grupo foi realizada na última sexta-feira, 6, e reuniu o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Carlos de Souza Lima Neto; o chefe de gabinete, Adélio Prado; o superintendente de Produção Rural Sustentável, Donalvam Maia; o superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Goiás), Dirceu Borges; o assessor técnico do Senar Goiás, Carlos Eduardo Freitas Carvalho; e o produtor rural João Vicente.

O secretário Antônio Carlos destacou que existe uma busca crescente por produtos diferenciados, e a proposta artesanal se enquadra nisso. "Precisamos oferecer suporte e políticas públicas no sentido de contribuir com a regularização dos produtores, auxiliando-os no desenvolvimento de seu processo produtivo e incentivando a agregação de valor ao produto final", comentou, ao reafirmar que o foco do governo do Estado de Goiás é atender aos interesses de todos os goianos.

Plano de ação Dirceu Borges, do Senar Goiás, se propôs a contribuir no sentido de oferecer cursos de capacitação voltados a produtos artesanais. Futuramente, deve-se iniciar um projeto piloto em Goiás dentro do eixo de agroindustrialização, com regularização da produção e fomento para a comercialização. Para efetivação das tarefas e abrangência de todos os aspectos importantes para a produção e comercialização, o secretário Antônio Carlos se dispôs a convidar outros órgãos e entidades que possam contribuir com a estruturação do plano de trabalho.

Texto: Diário de Aparecida

Foto:Divulgação

Comunicação Sistema Faeg/Senar

Áreas de atuação

Veja também

Condições

Notícia

Condições climáticas e menor demanda influenciam os preços Hortigranjeiros

Produtor

Caso de Sucesso

Produtor de hortaliças hidropônicas, que tinha desistido do cultivo, retoma a atividade produzindo cinco vezes mais com a ajuda da ATeG do Senar Goiás

Mercado

Notícia

Mercado de aluguel de máquinas agrícolas apresenta boas opções para pequenos e médios produtores

Imagem