AJUDA
O seu próximo passo no campo goiano começa agora! Conheça todas as possibilidades que o Sistema FAEG oferece a você:

Senar lança nova seleção para Técnico em Agronegócio

::cck::314::/cck::
::introtext::

Com um número de polos de apoio presencial quase triplicado e já alcançando 15 estados do País e no Distrito Federal, a Rede e-Tec Brasil do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) abre novo processo seletivo para o Curso Técnico em Agronegócio. No total, 1.981 vagas estão sendo oferecidas em todo o país. Em Goiás, seis polos irão ofertar 240 vagas. As inscrições devem ser feitas até o próximo dia 24, no portal http://etec.senar.org.br/, onde também pode ser acessado o edital do concurso.

Inteiramente gratuito, o curso tem 80% das 1.230 horas-aula na modalidade à distância. Os outros 20% são realizadas nos polos de apoio presencial que agora, saltaram de 17 para 42, estruturados com o apoio das regionais do Senar nos estados de Alagoas, Amazonas, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Sergipe, Tocantins e no Distrito Federal.

Em Goiás, os polos estão distribuídos nas cidades de Anápolis, Alexânia, Cristalina, Itumbiara, Niquelândia e Rio Verde. Em cada uma das unidades, 40 vagas são ofertadas e as provas já podem ser agendadas. Confira a tabela:

Técnico em Agronegócio
O Curso Técnico em Agronegócio da Rede e-Tec nasceu de uma parceria entre o Senar e o Ministério da Educação (MEC) para ampliar e facilitar o acesso da população rural ao ensino de nível médio. Como a maior parte das aulas é realizada na modalidade à distância, ele permite que o aluno possa cursá-lo mesmo que more uma fazenda.

O objetivo do curso é aliar conhecimento, prática e visão empresarial além de ensinar disciplinas que estimulam o empreendedorismo no campo, como: Administração Rural, Economia Rural, Políticas Públicas para o Agronegócio, Marketing Aplicado ao Agronegócio, entre outras. O currículo está disponível no portal http://etec.senar.org.br/.

Quem faz recomenda
Bastante satisfeito com a dinâmica e o conteúdo do curso, Walace dos Reis, aprovado no primeiro processo seletivo, realizado em janeiro, compartilha seu entusiasmo no facebook e recomenda aos amigos com vocação para o agronegócio que também que se candidatem. “As videoaulas são bem formuladas e o material didático excelente. Também gosto muito das aulas práticas do curso. O pessoal do polo é show, super prestativo”.

Walace mora em Seropédica, no Rio de Janeiro, e é aluno do polo de Barra Mansa. Seu estilo informal, esportivo, denuncia o espírito livre de quem prefere respirar o ar puro do campo ao ar condicionado dos escritórios mas... devidamente conectado – é claro! Ele é um jovem dos nossos tempos, sempre de olho na rede mundial e atento às novas oportunidades. Vê o agronegócio como um mercado promissor e, com segurança, já traçou seus planos para o futuro.

“O Brasil é reconhecido mundialmente como um dos maiores exportadores de alimentos e a gente percebe o alto investimento que vem sendo feito na capacitação de profissionais para atuar na área da produção, pois uma das deficiências que o país encontra para desenvolver mais a atividade é a falta de mão de obra especializada. Acho que é uma profissão promissora”.

Currículo alia conhecimento, prática e visão empresarial
Nascido e criado em Governador Valadares, interior de Minas Gerais, Walace é filho de produtor rural. Aos 17 anos, por questões de saúde na família, foi morar em São José dos Campos, São Paulo. “Uma cidade totalmente industrial, mas não perdi meu interesse e amor pelo meio rural. Eu saí do campo, mas o campo não saiu de mim, por isso todos os cursos que faço são relacionados à área”.

Além do Curso Técnico em Agronegócio da Rede e-Tec Brasil no Senar, Walace está cursando também Agronomia, na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. “Decidi fazer o curso técnico por ele incluir a parte de gestão de uma empresa ligada à produção agrícola, aumentando assim meu campo de trabalho como engenheiro agrônomo. Vou terminar o técnico e a graduação no mesmo período. Penso em trabalhar na área da produção, ser responsável por uma propriedade rural”.

::/introtext::
::fulltext::::/fulltext::::cck::314::/cck::
Áreas de atuação

Veja também

Condições

Preço Hortifrutis

Condições climáticas continuam impactando nos preços de Hortigranjeiros

Cosméticos

Caso de Sucesso

Cosméticos feitos com mel: esteticista realiza sonho com ajuda da ATeG do Senar Goiás

Expandindo

Resultados

Expandindo horizontes com a ATeG do Senar Goiás

Imagem