AJUDA
O seu próximo passo no campo goiano começa agora! Conheça todas as possibilidades que o Sistema FAEG oferece a você:

Alta da taxa Selic: produtor pode sentir aumento em juros de financiamento mas preços de insumos podem cair

Imagem

O Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu ontem, quarta-feira (05), elevar a taxa Selic de 2,75% para 3,50% a.a.

Em nota, o Bacen explicou que “no cenário externo, novos estímulos fiscais em alguns países desenvolvidos, unidos ao avanço da implementação dos programas de imunização contra a Covid-19, devem promover uma recuperação mais robusta da atividade ao longo do ano. Portando, esta mesma recuperação deverá ser vista no Brasil com o avanço das campanhas de vacinação, o que poderia aumentar o risco de inflação caso os juros não aumentassem.

Para o agro, um aumento em 0,75% na taxa Selic não causa grande preocupação, dado que o segmento passa por um período de estabilidade. "A consequência mais direta é a elevação no custo de capital. Isso significa que o produtor poderá sentir o impacto dos juros de crédito e financiamento um pouco mais caros. Ao mesmo tempo, o dólar tende a cair quando há altas nos juros, o que pode suavizar os custos com insumos", explica o Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária de Goiás (Ifag).

Imagem: divulgação

Fonte: Ifag


Áreas de atuação

Veja também

Do

Desafio AgroStartup 2024

Do Campo ao Futuro: Soluções Inovadoras emergindo no AgroStartup 2024

Há

Notícia

Há 16 anos o Senar Goiás leva qualidade de vida para a família rural com o Campo Saúde

Condições

Notícia

Condições climáticas e menor demanda influenciam os preços Hortigranjeiros

Imagem