AJUDA
O seu próximo passo no campo goiano começa agora! Conheça todas as possibilidades que o Sistema FAEG oferece a você:

Com variação positiva de 178% em relação a abril de 2020, agro goiano recupera postos de trabalho afetados pela pandemia

Imagem

De acordo com os dados do novo Caged, divulgados nesta quarta-feira, em Goiás, a agropecuária se manteve com saldo positivo na geração de empregos formais para o mês de abril. O setor registrou saldo de 1.846 novos postos, com 4.085 admissões e 2.239 desligamentos. Em relação ao saldo do mesmo período do ano anterior, em que o resultado foi de 664 novos postos, o setor registrou crescimento de aproximadamente 178%.

O resultado é proveniente, em sua maior parte, do cultivo de cana-de-açúcar (+1045 postos), seguido por atividades de pós-colheita (+301) e cultivo de cereais (+301 postos). Os números registrados são explicados pelo início do período de colheita da cana-de-açúcar, que começa em abril e segue até meados de novembro.

A nível municipal, o agro foi o setor que mais gerou empregos para as cidades de Santa Helena de Goiás (+ 345 postos), Rubiataba (+311 postos), São Patrício (+248 postos), Cristalina (+185 postos) e Itumbiara (+171 postos). Em relação ao Centro Oeste, Goiás foi responsável por 52,65% de todos os postos de trabalho gerados para o mês de abril deste ano.

Comunicação Sistema Faeg/Ifag

Áreas de atuação

Veja também

Festa

Notícia

Festa de sabores que dura o ano todo

Soja

Notícia

Soja e milho sofreram pequenas variações na produção na Safra 23/24

Prazo

Notícia

Prazo de vacinação contra brucelose é ampliado até outubro

Imagem