AJUDA
O seu próximo passo no campo goiano começa agora! Conheça todas as possibilidades que o Sistema FAEG oferece a você:

Equoterapia do Senar Goiás se destaca novamente em competição no Distrito Federal

Imagem

20 anos e uma vontade imensa de superar os desafios impostos pela vida. Assim é Maykon Marques que tem paralisia cerebral desde o nascimento. Mas isso não o impede de se destacar como atleta de adestramento paraequestre.

Em 2019 ele começou as atividades no Centro de Equoterapia João Lucas em Jussara, onde o Senar Goiás oferece capacitação técnica para a realização das atividades. Lá a fisioterapeuta Isabella Souza e o equitador Pedro Tavares, perceberam o talento dele e foram trabalhando as habilidades.

No mesmo ano, durante o 1º Encontro Goiano de Equoterapia, o Senar Goiás foi convidado a apresentar um Caso de Sucesso. A equipe e o instrutor Diego Almeida, decidiram treinar o Maykon. O adestramento paraequestre trabalha parceria, arte, tradição e sintonia entre homem e animal, através de coreografias.

“O Maykon tem apresentado ótimos resultados. Em maio foi primeiro lugar na 1ª etapa do Ranking da Federação Hípica de Brasília e nos últimos dias, 5 e 6 de junho, ficou em segundo lugar na Copa Poupex de Adestramento, também em Brasília”, conta Isabella.

O exemplo de evolução do Maykon faz com que se abra um grande leque para que outros atletas de adestramento paraequestre tenham a mesma oportunidade de desenvolvimento. A maior dificuldade é porque em Goiás não tem essa modalidade.

“Eu já até enviei um ofício para a Federação Hípica de Goiás (FEHGO), sugerindo a criação de um Comitê Goiano de Adestramento. É muito importante que essa iniciativa se concretize para que possamos desenvolver mais essa modalidade do esporte no nosso estado” explica a fisioterapeuta.

De acordo com a FEHGO, Maykon é o pioneiro nessa modalidade no estado. “Com certeza abrirá caminho para outros atletas. E surgindo a demanda, Goiás futuramente poderá ter o adestramento paraequestre também”.

Maykon deve participar de uma nova competição a partir de agosto. O Senar Goiás atua em 36 Centros de Equoterapia no estado sempre levando, através do cavalo, uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência ou com necessidades especiais.

Comunicação Sistema Faeg/Senar


Áreas de atuação

Veja também

Condições

Notícia

Condições climáticas e menor demanda influenciam os preços Hortigranjeiros

Produtor

Caso de Sucesso

Produtor de hortaliças hidropônicas, que tinha desistido do cultivo, retoma a atividade produzindo cinco vezes mais com a ajuda da ATeG do Senar Goiás

Mercado

Notícia

Mercado de aluguel de máquinas agrícolas apresenta boas opções para pequenos e médios produtores

Imagem