AJUDA
O seu próximo passo no campo goiano começa agora! Conheça todas as possibilidades que o Sistema FAEG oferece a você:

‘Braço forte’ dos produtores de Orizona

Imagem


“Quem quer fazer alguma coisa, encontra um meio. Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa”. A frase do psiquiatra e empresário Roberto Shinyashiki é o que motivou o Sindicato Rural de Orizona a reinventar-se para manter-se como o braço forte dos produtores da região. O presidente do Sindicato Rural, Geovando Vieira Pereira, destaca que a economia de Orizona é baseada principalmente na pecuária leiteira, agricultura e produção de cachaça. O município representa uma das maiores bacias leiteiras do Estado de Goiás. Os pequenos pecuaristas vendem seu leite para grandes laticínios e muitos grupos trabalham em cooperativas.

Neste contexto, o Sindicato Rural identificou um nicho precioso para a oferta de comodidade e confiança. “Nossa proposta é oferecer à família rural tranquilidade, segurança e qualidade de vida, e só conseguimos atingir o objetivo porque trabalhamos em parceria com o Sistema Faeg Senar e priorizamos a transparência e credibilidade”, pondera Geovando.

O quadro de funcionários é enxuto e eficiente, argumenta o presidente do SR. “São cinco colaboradores, sendo um que cuida dos serviços gerais, uma secretária para atender os 209 associados, um auxiliar administrativo e um especialista contábil que cuidam das demandas documentais, além do mobilizador, responsável em formar as turmas para os cursos ministrados pelo Senar Goiás com o apoio do Sindicato”, enumera.

Os serviços contábeis são os mais procurados. Os produtores associados dispõem de auxílio nas declarações do Imposto de Renda, ITR, contabilidade, registro de funcionários e folha de pagamento. Os planos de saúde são iniciativas que dão segurança e qualidade de vida aos sócios. O SR de Orizona tem convênio com a Unimed e Promed, disponibilizando atendimento médico, realização de exames e procedimentos cirúrgicos com preços acessíveis.

O produtor José da Paz já utilizou o benefício várias vezes e é elogio. “Quando preciso, o plano me socorre. Minha mulher já utilizou várias vezes para consulta e é muito bom ter a certeza de que estamos amparados em casos de doenças. Antigamente não tínhamos plano de saúde”, afirma José da Paz.

Se o produtor fica satisfeito, a direção do SR ainda mais, já que o serviço promove 20% da arrecadação mensal da entidade. “Nossa maior arrecadação vem das mensalidades, mas os planos de saúde são uma renda extra que mantem a sustentabilidade do Sindicato e o melhor é que todos os envolvidos são beneficiados”, finaliza Geovando.

Outras ações de sucesso

A credibilidade do SR se constrói ainda com o compromisso dos diretores na divulgação do relatório anual das atividades, participação em conselhos municipais e representatividade junto aos órgãos administrativos e parlamentares. Geovando destaca que o SR também se preocupa com a segurança nas propriedades de Orizona, por isso é parceiro do programa Patrulhamento Rural, desenvolvido pela Polícias Militar e Faeg, colaborando com a doação de equipamentos como drones, usados no monitoramento das propriedades. “Com a patrulha rural, os roubos na região praticamente acabaram e a família rural não vive mais com medo”, explica.

Outra fonte de renda do Sindicato Rural de Orizona é a locação do auditório com capacidade para 70 pessoas e o salão de eventos da sede. O parque de exposição agropecuária representa um sonho em construção, já que a expectativa é inaugurá-lo ainda este ano.

Educação

Sim, o SR investe pesado no processo de capacitação dos produtores rurais. Nesta ação tem o respaldo do Senar Goiás, com a missão de levar educação formal, promoção social e assistência técnica e gerencial para o campo. Assim, capacitou em 2018 mais de 400 pessoas em 36 treinamentos. O produtor de leite, Paulo Henrique de Sousa, é só agradecimentos pela oportunidade de aprender sobre gestão e tecnologia. “Com os ensinamentos do Sindicato Rural e Senar Goiás modernizei minha propriedade e consegui melhorar a qualidade e produção do leite, sem aumentar o rebanho”, comemora.


Por Fabiane Fagundes

Imagens: Arquivo SR Orizona

Áreas de atuação

Veja também

Senar

Notícia

Senar Goiás oferece curso para prevenir e combater incêndios em áreas agrícolas

Festa

Notícia

Festa de sabores que dura o ano todo

Soja

Notícia

Soja e milho sofreram pequenas variações na produção na Safra 23/24

Imagem