AJUDA
O seu próximo passo no campo goiano começa agora! Conheça todas as possibilidades que o Sistema FAEG oferece a você:

CNA apresenta ao Mapa demandas do setor de irrigação

Imagem

Integrantes da Comissão Nacional de Irrigação e do Núcleo Econômico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) se reuniram, na quarta (30), com o secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Ministério da Agricultura, Fernando Silveira Camargo.

Os representantes apresentaram ao secretário as demandas do setor produtivo para promover o desenvolvimento da irrigação em todo o país e as ações para o fomento em inovação agropecuária.

O presidente da Comissão Nacional de Irrigação e vice-presidente Institucional da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), Eduardo Veras, citou a necessidade de promover a segurança jurídica para incentivar investimentos e fomentar o desenvolvimento sustentável das áreas irrigáveis.

Veras citou itens imprescindíveis para que a irrigação nacional seja de fato uma tecnologia que alavanque a produção agropecuária.

Entre as principais demandas estão a melhoria do gerenciamento das bacias hidrográficas, a desburocratização do licenciamento para a construção de barramentos e a articulação política com outros atores que atuam no desenvolvimento da irrigação nacional.

O decreto promulgado no final de 2018 que elimina a redução dos descontos das tarifas de energia nas propriedades rurais foi outro tema abordado na reunião. A promulgação do decreto pegou o setor de surpresa e os impactos para os produtores rurais são muito altos.

Produtores da avicultura, suinocultura e da pecuária de leite já estão sofrendo quedas de rentabilidade por conta das condições de mercado e estas atividades demandam muita energia elétrica. Para o pequeno irrigante o impacto será ainda maior. “Temos que buscar uma solução definitiva junto ao Poder Executivo”, afirmou Eduardo Veras.

O coordenador do Núcleo Econômico, Renato Conchon apresentou ainda as iniciativas da CNA de pesquisa e da inovação para os produtores rurais. “A CNA participa de maneira propositiva junto aos formuladores de inovações no campo (Embrapa e CNPq) apresentando as demandas do setor produtivo, e com certeza apresentará a esta Secretaria os temas relevantes que estamos atuando”.

“Queremos discutir propostas que fomentem a utilização da tecnologia em prol da sociedade e das práticas sustentáveis, que os produtores rurais brasileiros estão cumprindo e já são referência no mundo. A Secretaria estará em permanente contato com a inciativa privada e os demais agentes do Poder Executivo para fomentar e incentivar essas boas práticas” afirmou o secretário Fernando Camargo.

“O foco dos trabalhos, tanto do Ministério da Agricultura como da CNA é o aumento da rentabilidade do produtor rural, seja por meio da ampliação da produtividade, seja por meio da redução dos custos, e ainda, alavancar o desenvolvimento econômico brasileiro”, finalizou o Secretário.

Fonte: CNA


Áreas de atuação

Veja também

Festa

Notícia

Festa de sabores que dura o ano todo

Soja

Notícia

Soja e milho sofreram pequenas variações na produção na Safra 23/24

Prazo

Notícia

Prazo de vacinação contra brucelose é ampliado até outubro

Imagem