AJUDA
O seu próximo passo no campo goiano começa agora! Conheça todas as possibilidades que o Sistema FAEG oferece a você:

Presidente do Sistema Faeg/Senar defende união das federações do agro para subsidiar as negociações do Plano Safra 2021/22

Imagem

Contribuição do setor produtivo para a construção do Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2021/2022. Esse foi um dos temas destaque do encontro virtual, da última sexta-feira (5), da Comissão Nacional de Política Agrícola da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Durante a reunião, o presidente da Comissão de Política Agrícola e, também, presidente do Sistema Faeg Senar, deputado federal Zé Mário Schreiner (DEM/GO), ressaltou a importância da geração de subsídios junto ao Ministério da Agricultura para a construção do Plano Agrícola e Pecuário.

“O objetivo é gerar subsídios para a negociação do Ministério da Agricultura com as outras áreas do Governo responsáveis pela definição das normas de execução dos instrumentos de política agrícola”, explicou.

A CNA definirá as prioridades do setor para o PAP ouvindo produtores de todas as regiões, conforme realizado em anos anteriores. As contribuições das federações de agricultura e pecuária dos estados para o próximo Plano Safra serão recebidas até o dia 15 de março. A partir disso, serão realizadas videoconferências regionais para reunir as demandas e fechar uma proposta nacional.

Segundo a superintendente técnica adjunta da CNA, Fernanda Schwantes, a agenda de trabalho inclui também assuntos que visam à desburocratização no acesso a financiamentos, a ampliação do crédito privado e o aprimoramento da gestão de riscos.

Além do Plano Agrícola e Pecuário, a pauta da Comissão Nacional de Política Agrícola para 2021 contempla: Plano Plurianual Agropecuário, redução dos custos cartorários, seguro rural, soluções para o endividamento, novas fontes de financiamento e Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc). O IDAgro também foi pauta no encontro virtual, uma inovadora plataforma que vai de encontro ao setor produtivo com a garantia de maior segurança jurídica, rastreio e fiscalização.

Também participaram da reunião o presidente da Federação da Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (Faes), Júlio Rocha Júnior, o vice-presidente da Comissão Nacional de Política Agrícola, Antônio da Luz, o superintendente técnico da Confederação, Bruno Lucchi, o coordenador administrativo do Instituto CNA, Carlos Frederico Ribeiro, além de membros da Comissão e representantes de federações estaduais.


Comunicação Sistema Faeg/Senar

Áreas de atuação

Veja também

Festa

Notícia

Festa de sabores que dura o ano todo

Soja

Notícia

Soja e milho sofreram pequenas variações na produção na Safra 23/24

Prazo

Notícia

Prazo de vacinação contra brucelose é ampliado até outubro

Imagem